Tag: remédios naturais

🥇 Dor de dente? Veja AQUI Cuidados, Tratamentos Naturais e Muito Mais! 🤔

Olá meninas! Hoje vou falar de dor de dente, é a verdadeira campeã em incomodar. A dor é uma reação que o nosso corpo produz para dar um sinal de que algo não está indo bem. Uma das dores considerada a mais frequente entre as pessoas é a dor de dente. Com certeza, todos nós já sentimos ao menos uma vez na vida, ou ainda vamos sentir esse tipo de dor.

Se você está passando por um período de dor de dente, ou então se você quer saber ainda mais sobre o assunto, esse artigo é para você! Basta ler até o final para saber todas as formas de combater a dor de dente, além de várias dicas. Vamos lá?

Quais as causas mais comuns da dor de dente?

As causas mais comuns de dor de dente podem ser:

  • Cárie;
  • Doenças na polpa do dente;
  • Doenças na gengiva;
  • Esmalte do dente com desgaste;
  • Ou então por outros motivos.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS),  a dor de dente pode chegar a afetar 36% dos adolescentes e 35% dos adultos, só aqui no Brasil. Portanto, essa dor pode surgir a qualquer momento e nem sempre podermos ir até um dentista. No entanto, existem diversos tratamentos caseiros efetivos e que agem da mesma forma que um analgésico ou um anti-inflamatório.

Quais os tratamentos naturais para a dor de dente?

Existem diversos tratamentos para a dor de dente.Na maioria dos casos eles poderão melhorar significativamente esse incômodo. Entretanto, o ideal mesmo é sempre procurar um dentista e manter a saúde bucal em dia.

Caso você não tenha tempo ou condições financeiras para procurar um dentista em um momento de dor, pode usar essas dicas super úteis:

Toothache

Cubos de gelo para dor de dente

O gelo nada mais é do que o estado sólido da água, que está cristalizada. Ele é amplamente usado em lesões e também em dores musculares. Ele age  auxiliando no alívio da dor. Caso haja inchaço na região, o gelo se destaca como excelente aliado para combater esse inchaço.

Consequentemente, o que ocorre quando se usa cubos de gelo é que ele atua também diminuindo a dor local. O gelo precisa ser colocado sobre a bochecha, na parte externa da boca. Aliás, ele deve ser sempre envolvido em um pano, para que o gelo não queime a pele em contato direto. Pode ser usado um pano ou até mesmo um saco de plástico.

O alho para dor de dente

O alho também pode ser considerado um incrível antibiótico natural e com poderes terapêuticos. Ele é um alimento extremamente saudável, muito acessível às pessoas e um ótimo tempero nos mais variados pratos. Além disso, ele é utilizado como um remédio natural que trata a dor de dente e também trata e previne uma gama enorme de outras doenças pela sua ação.

As propriedades bactericidas presentes no alho agem rapidamente no local que está com essa infecção e deve ser usado da seguinte forma. Amasse um pedaço de alho na quantidade que você achar necessária e aplique diretamente na parte do dente que está doendo ou então na parte da gengiva que estiver mais dolorida.

O cravo para dor de dente

O cravo também é outro remédio natural para a dor dente e que causa  um grande alívio nessa dor. O cravo é tido como um antimicrobiano. Ele é extremamente eficaz e atua como uma ferramenta que age para eliminar ou para resistir a algumas infecções que são provenientes de uma ação fúngica e que podem estar presentes nos dentes.

O cravo tem uma ação imediata no tratamento da dor de dente, agindo sobre todos os vírus e as bactérias de qualquer tipo. Recomenda-se moer dois cravos, misturar com azeite ou óleo vegetal, colocar no dente afetado e deixar agir por cerca de 20 minutos, até lavar a boca. Depois basta repetir o processo até que a dor cesse.

O sal para dor de dente

O sal também é considerado um tipo de tratamento natural para a dor de dente e, na maioria das vezes, é bastante eficaz. Ainda que seja um procedimento extremamente simples, ele possui uma ação capaz de diminuir a dor. Faça alguns bochechos e misture água morna e sal. Isso fará com que a mistura aja no tecido que está inflamado. Dessa forma, aliviará o inchaço e a dor produzida por ele.

Goiaba para dor de dente

A Goiaba também é um incrível tratamento natural para dor de dente e, nesse caso, basta utilizar as folhas dessa fruta, que também é tida como anti-inflamatória. A pessoa que está com dor de dente deve mastigar suas folhas até que hajam no dente dolorido, diminuindo a sensação de incômodo.

Confira o vídeo que separei para você sobre o assunto:

Folhas de espinafre para dor de dente

As folhas de espinafre também ajudam a amenizar a dor de dente. Elas podem ser usadas também mastigando as folhas de espinafre, desde que estejam cruas. O espinafre também irá fortalecer o dente que estiver causando dor, visto que o espinafre é uma rica fonte de cálcio.

Chá de erva cidreira para dor de dente

O chá de erva cidreira, também chamada de Melissa, é muito bom para a dor de dente.  Devem ser feitos bochechos usando o chá de erva cidreira ainda quente. Essa erva possui um grande poder anti-inflamatório e antimicrobiano.

A hortelã para dor de dente

A hortelã possui uma ação que é analgésica para essa dor e dá uma sensação de refrescância. A folha de hortelã faz com que essa dor seja aliviada rapidamente. Você precisa amassar as folhas de hortelã até que saia todo o seu sumo, depois basta aplicar um pouco em um algodão e colocar no dente dolorido.

Quais as causas da dor dente?

Como as verdadeiras causas de dor de dente podem ser muitas, cada uma delas pode ser tratada de forma diferente pelo dentista. Esses métodos naturais são capazes de aliviar a dor, porém, não combatem o verdadeiro foco da dor. Por isso é de suma importância a visita regular ao dentista.

Escove seus dentes com frequência

Primeiramente, escove bem os seus dentes depois de cada refeição, com um bom creme dental. Além disso, use fio dental. Seu uso evita que os restos de comida se acumulem entre os dentes. O aconselhável é sempre utilizar água morna e escovar sem pressa alguma. Faça visitas regulares ao dentista e procure descobrir a causa da dor logo no início, para que os problemas não se agravem, resultando em algo bem maior.

Confira o vídeo a seguir, relacionado a esse tema, para aprender ainda mais:

Para mais conteúdo, clique aqui.

🥇 Como curar hemorroidas rápido com remédios caseiros 🤔

Olá meninas! Esse post é para a gente falar de um assunto delicado: as hemorroidas. Não se costuma falar muito sobre essa situação, mas é super mais comum do que você imagina. Aliás, você sabia que metade da população do mundo sofre de algum sintoma ligado a hemorroidas? A estimativa é que 10% das pessoas que sofrem e não procuram tratá-las, terão que realizar uma cirurgia para se livrar delas. É de assustar, né?

Por isso é muito necessário ficar por dentro do assunto e saber não apenas o que é, mas também como curá-las, para que que você possa se livrar desse incômodo de uma vez por todas.

O que são hemorroidas?

As hemorroidas são veias varicosas, que acabam se distendendo dentro do ânus. Essas veias são revestidas com válvulas que fazem com que o sangue flua em apenas uma direção, que é de volta ao coração.

Se uma pressão excessiva for aplicada nessas válvulas, o sangue pode acabar indo em outra direção, ou então ficando estagnado em um lugar só. Se essas veias estiverem cheias de sangue e forem localizadas no ânus, resultarão em hemorroidas.

As paredes inflamadas dessas veias são muito frágeis e, por isso, mais propensas a ruptura e sangramento. O sangue estagnado acaba formando coágulos, que costumam causar bastante dor e, em casos graves, uma cirurgia pode ser necessária.

Imagem relacionada

Como saber se tenho hemorroidas?

Devido aos sintomas irritantes, Essa é uma condição bastante fácil de detectar:

No caso das hemorroidas internas:

  • Coceira na área ao redor do ânus
  • Dor na área do reto, principalmente em maiores períodos sentada;
  • Você pode ver sangue tanto no papel higiênico quanto nas fezes, além de  sentir dor durante a evacuação.

Já as hemorroidas externas têm como sintoma principal o inchaço. Além disso, você perceberá a aparência de um caroço próximo ao ânus.

Saber identificar qual o tipo de hemorroida que você tem é super importante. Dessa forma você poderá iniciar o tratamento mais adequado.

Como eliminar as hemorroidas internas com remédios caseiros?

Pesquisei bastante sobre esse assunto e separei para você algumas dicas. São bastante simples e você pode fazer os procedimentos em casa, o que é ainda melhor.

  • Banhos de Assento para Hemorroidas

Esse é um método muito efetivo, pois ele atua não apenas como um anti-inflamatório, mas também como um sedativo.

Você irá precisar dos seguintes ingredientes:

  • 2 litros de água fervente;
  • 1 colher de sopa de hamamélis;
  • 1 colher de sopa de cipreste;
  • 3 gotas de óleo essencial de limão;
  • 3 gotas de óleo essencial de alfazema.

Misture os ingredientes na água fervente. Coe bem a água e preencha pelo menos 10 cm da bacia ou local onde será feito o banho de assento. Aguarde a água amornar e por fim sente-se, lembrando que suas nádegas e genitais precisam ficar encobertos pela água.

A posição adequada é com os joelhos levantados, a fim de que você exponha melhor a área do ânus à água. Mantenha nessa posição por cerca de 15 minutos ou até que a água esfrie por completo.

  • Aloe Vera, ou babosa:

É bem provável que você certamente conheça essa planta. Saiba que ela tem inúmeros benefícios, e é considerada o remédio caseiro perfeito para aliviar os sintomas de hemorroidas, como a coceira, o inchaço e a queimação. Antes de usar, você deve ter certeza de que não apresenta nenhum tipo de alergia à babosa.

Pegue uma folha de babosa, remova cuidadosamente os espinhos e lave bem. Use uma colher a fim de remover a polpa e por fim aplique o líquido ao longo do dia diretamente nas hemorroidas. Aliás, a área a ser aplicada deve ser higienizada com bastante cuidado antes de cada aplicação.

Confira o vídeo que separei para você sobre o assunto:

Alimentação ricos em fibras

As hemorroidas quase sempre surgem quando há prisão de ventre.O consumo de fibras é essencial para combater a prisão de ventre. Uma dieta com um alto teor de fibras irá ajudar a eliminar as fezes de forma muito mais fácil. Afinal, ficarão mais macias e não irão ferir a parede do ânus na evacuação.

Quais os alimentos mais ricos em fibras?

Frutas: Ainda que não apresentem os níveis de fibra dos cereais, todos os frutos possuem muita fibra, especialmente a maçã, laranja, kiwi, banana, figo, morango e pera.

Legumes: Eles são alimentos ricos em fibras (grão de bico, lentilhas, soja, feijão, etc.). A saber, entre todas as leguminosas, as que possuem maior valor de fibras são: o grão de bico e feijão.

Frutos secos: Eles são muito ricos em fibras, além de contribuírem também para gorduras saudáveis. O ideal é consumir de forma natural, sem acrescentar sal nem fritar.

Grãos integrais: É o grupo de alimentos que fornece a maior quantidade de fibra. A aveia é a mais indicada, pois é a que tem a maior quantidade de fibra solúvel.

Remédios naturais para hemorroidas externas

A natureza está sempre ao nosso alcance e oferece opções incríveis para as mais diversas enfermidades. Nela você encontra igualmente diversos remédios para a cura das hemorroidas. Para o caso das hemorroidas externas, existem muitos remédios naturais que ajudam no combate.

Resultado de imagem para hemorroidas

Quais os remédios naturais para curar hemorroidas externas?

  • Alho: O alho atua como um antibacteriano natural, aliás, é um dos melhores que existem. A maneira de usar é na forma de supositório. O alho irá combater todas as bactérias existentes, evitando uma infecção. Pegue um dente de alho e faça três cortes pouco profundos, no entanto, tome cuidado para que o alho permaneça inteiro. Lubrifique com gel de aloe vera e use como supositório 3 ou 4 noites seguidas.
  • Tomate Maduro: Divida um tomate ao meio e aplique com pressão sobre o esfíncter anal. Assim como o alho, o tomate é outro antibacteriano natural, que garantirá a limpeza do local.
  • Batata: Ajuda a desinchar hemorroidas. Corte um pedaço de batata no formato de um supositório e utilize durante a noite. Isso ajudará a reduzir as inflamações internas e externas. Além disso, tratá bastante alívio.
  • Cenoura e Beterraba: Você deve descascar esses dois legumes e ralar, em seguida esmague e coloque um pouco de água, para  que forme uma pasta. Em seguida, aplique sobre a área inflamada no reto usando uma gaze. Isso ajuda a reduzir a inflamação e reduzir a coceira em questão de minutos.
  • Óleo de linhaça: Com óleo de linhaça é possível reduzir a inflamação. Você precisa mergulhar um pedaço de algodão no óleo e, em seguida, aplicar diretamente na área afetada.
  • Alho, louro e cravo: Esses 3 componentes têm excelentes propriedades anti-inflamatórias e curativas.

Você deve levar 3 dentes de alho, 3 cravos, 2 folhas de louro e meio litro de água. Aqueça a água até que esteja fervendo, e então coloque os cravos, os dentes de alho e o louro. Deixe ferver por cerca de trinta minutos e deixe descansar por 15 minutos.

Passado o tempo, com uma peneira, coe bem a preparação. Quando o líquido estiver frio, mergulhe uma bola de algodão e coloque como uma compressa na região.

Confira o vídeo a seguir, relacionado a esse tema, para aprender ainda mais:

🥇 Remédios para emagrecer funcionam? 🤔

Atualmente, existem milhões de homens e mulheres ao redor do mundo lutando contra a obesidade. Quem vive isso na própria pele e também no dia a dia sabe muito bem que as consequências da obesidade, que é uma doença crônica, são muito grandes e geralmente são silenciosas, demorando anos para se desenvolverem.

No entanto, quando tomam forma, já não temos mais para onde correr. Posso listar uma relação de problemas que a obesidade causa nas pessoas. Dentre todas elas, as principais são:

  • Diabetes;
  • Hipertensão;
  • Problemas de ordem sexual, como impotência ou baixa libido;
  • Falta de ar;
  • Dores nas juntas;
  • Dores nas costas;
  • Hérnias de disco;
  • Pés chatos, que causam dores nos joelhos e nas costas;
  • Asma;
  • Fígado com excesso de gordura;
  • Apneia do sono;
  • Problemas de ordem emocional, como depressão e ansiedade;
  • Câncer.

Com certeza você já percebeu que um corpo que apresenta excesso de peso acaba se transformando em um prato cheio para essas doenças, não é? Pois bem.

A obesidade pode ter diversas origens, podendo ser uma doença desenvolvida devido à genética, se for propícia para isso, ou então por problemas de tireoide e alguns outros problemas como ansiedade e depressão.

Com essa correria do dia a dia, fica cada vez mais fácil o acesso a produtos cheios de gordura saturada, alimentação em fastfoods e derivados.

Dessa forma as coisas simplesmente fogem do controle e a obesidade acaba encontrando um lugar para se instalar.

Tudo gira em torno de uma alimentação balanceada e da forma que você lida com os problemas do seu dia a dia. Por esse motivo a indústria farmacêutica tem investido cada vez mais em remédios destinados ao emagrecimento de forma rápida.

No entanto, não é  todo medicamento para emagrecer que é bom ou que funciona de verdade. Por isso mesmo, te proponho a analisar comigo qual é a melhor opção para que você possa perder peso sem prejudicar a sua saúde.

O que fazem os remédios naturais para emagrecer?

Existem vários tipos e são das mais diversas linhas de medicamento: desde inibidores de apetite, até os famosos chás naturais. Tudo isso tem bastante valor no mercado e existem as mais variadas opções para todos os tipos de público. O mais importante de tudo é descobrir qual é o mais indicado para você, pensando na sua saúde.

De acordo com a internet, os medicamentos anti-obesidade ou os medicamentos para perda de peso são agentes farmacológicos que atuam na redução ou controle de peso.

Essas drogas acabam alterando um dos processos fundamentais do corpo humano, que é a regulação do peso, alterando o apetite ou então a forma como as calorias são absorvidas. Veja agora as opções disponíveis no mercado:

Quais são os remédios mais usados para emagrecer?

Como eu disse anteriormente, existem diversos remédios para emagrecer e tudo depende de como você cuida da sua saúde e de como seu organismo irá reagir diante de cada medicação.

Abaixo você poderá ver uma relação de opções de remédios para emagrecimento mais comumente usados:

  • Sibutramina;
  • Saxenda;
  • Orlislat;
  • Fluoxetina;
  • Sertralina;
  • Bupropiona;
  • Anfetaminas (Anfepramona, Femproporex e Mazindol)

Todos este medicamentos são produtos específicos feitos pela indústria farmacêutica e alguns deles tem um propósito diferente do propósito de emagrecer, como por exemplo, cuidar da saúde mental para pessoas que apresentam depressão ou ansiedade de forma extrema.

Para falar a verdade, a falta de apetite que causa o emagrecimento é quase sempre o efeito colateral destes medicamentos, mas nunca de fato o objetivo principal.

Confira o vídeo a seguir, relacionado a esse tema, para aprender ainda mais:

Quais são os efeitos colaterais dos remédios para emagrecer?

Como dito antes, a maior parte desses remédios que são usados para emagrecer não foram criados para este fim. Por esse motivo, as pessoas acabam apelando para estes remédios sem muita moderação.

Emagrecem, de fato, mas também acabam sendo vítimas de todos os efeitos colaterais que vão bem além da perda de peso. Esses efeitos colaterais são:

  • Taquicardia;
  • Sensação de boca seca;
  • Insônia;
  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Prisão de ventre;
  • Tontura;
  • Enjoo;
  • Diarreia;
  • Distúrbios gastrointestinais;
  • Anemia.

Muitas pessoas não tem conhecimento desses sintomas e acabam optando por produtos que trazem mais fatores prejudiciais do que de fato benefícios à sua saúde, causando doenças que são tão sérias quanto a obesidade.

O que consumir, então, para emagrecer de forma saudável?

Remédios naturais para emagrecer funcionam?

Diante da falta de opções saudáveis na indústria farmacêutica comum, surge a perspectiva de um emagrecimento saudável, feito exclusivamente com produtos naturais e que são indicados para todos aqueles que precisam emagrecer de forma saudável, segura e também rapidamente.

Bem diferentes dos medicamentos listados acima, os emagrecedores naturais são desenvolvidos especialmente para isso e eles respeitam o seu corpo, geralmente por serem 100% naturais não apresentam nenhum tipo de efeito colateral e promovem um emagrecimento de forma tranquila e saudável sem maiores dores de cabeça.

Quais os benefícios de usar remédios naturais para emagrecer?

Dentre todos os benefícios, o maior deles é que ele faz você perder peso devido às substâncias naturais em sua composição. Contudo, os benefícios técnicos são:

  • Diminuem o apetite;
  • Previnem o envelhecimento;
  • Totalmente naturais, o que não acarreta em nenhum efeito colateral;
  • Aceleram o seu metabolismo;
  • Fortalecem as unhas;
  • Queimam a gordura facilmente
  • Eliminam a celulite de uma vez por todas!

Tudo isso funciona de forma perfeita  no seu organismo, devido a presença de estimuladores enzimáticos, que, quando ingeridos na dose certa, permitem trabalhar de forma efetiva na redução do apetite.

Se você daquelas que comem pouco e mesmo assim apresenta sobrepeso, a explicação é que seu metabolismo funciona de forma lenta e precisa de um emagrecedor para que estimule e acelere o seu organismo e te ajude a perder peso e a ter o corpo que sempre quis.

Remédios Naturais para emagrecer funcionam?

Aliados a atividade física simples (como caminhadas, por exemplo) e pequenas correções na alimentação, eles funcionam sim! Isso porque grande parte dos emagrecedores naturais são criados à base de ácido graxo, o que interfere diretamente no seu intestino e faz com que você sinta a necessidade de ir mais vezes ao banheiro ao longo do dia.

Além disso, eles contam com uma ação antioxidante, o que permite que o seu organismo libere pouco a pouco toda a água e gordura que estavam retidas durante todo esse tempo dentro do seu organismo.

Eles aumentam a quantidade de xixi e suor, e também agem acelerando seu metabolismo para que você queime a gordura rapidamente e de forma eficiente.

O que você precisa saber é que é uma decisão contínua! Aos poucos você irá se adaptando com o suplemento e tudo vai entrar nos eixos de uma vez por todas!

Veja agora um vídeo relacionado ao assunto que separei para você:

Para mais conteúdo, clique aqui.

You cannot copy content of this page