đŸ„‡ ImpotĂȘncia sexual Masculina e Feminina – Saiba TUDO aqui! đŸ€”

OlĂĄ meninas! Hoje o assunto Ă© impotĂȘncia sexual masculina e feminina. NĂŁo sabe o que Ă© ou sabe e quer aprender ainda mais? É sĂł ficar comigo atĂ© o final da postagem e ficar por dentro de tudo! Vem comigo!

Muitas pessoas passam por esse problema que afeta consideravelmente a autoestima. Esse Ă© um assunto muito sĂ©rio, pois a impotĂȘncia pode ser o resultado de algumas doenças ou entĂŁo pode atĂ© mesmo levar a outras doenças, como a ansiedade e a depressĂŁo.

Nesse post vocĂȘ vai saber tudo sobre o assunto: quais as causas, os tratamentos e como evitar este problema que assola tantas pessoas.

O que Ă© impotĂȘncia sexual masculina?

A impotĂȘncia sexual, mais corretamente chamada de disfunção erĂ©til, Ă© a dificuldade ou atĂ© mesmo a incapacidade de ter ou de manter a ereção durante o sexo. É completamente normal isso acontecer algumas vezes. No entanto, quando isso se torna frequente, Ă© um sinal de que algo nĂŁo vai bem.

A impotĂȘncia pode acontecer com qualquer homem, independentemente da sua idade e costuma atingir a autoestima da maioria dos homens. Afinal, problemas de virilidade sĂŁo o calcanhar de aquiles de grande parte do pĂșblico masculino.

PossĂ­veis causadores da impotĂȘncia

Existem diversos motivos que podem levar Ă  impotĂȘncia, por isso separei os principais deles:

Remédios

Medicamentos para o combate de doenças crĂŽnicas podem causar certos efeitos colaterais a longo prazo, como a impotĂȘncia. Alguns casos se devem ao uso prolongado de antidepressivos, anti-hipertensivos ou antipsicĂłticos, alĂ©m de remĂ©dios para pressĂŁo alta, entre outros.

Se o paciente fizer uso de algum remĂ©dio de uso contĂ­nuo hĂĄ um longo tempo, Ă© aconselhĂĄvel consultar a bula, para saber se a medicação pode provocar a impotĂȘncia como um dos efeitos colaterais. No entanto, de qualquer forma, a consulta com um mĂ©dico sempre se faz necessĂĄria nesses casos.

Bebidas alcoĂłlicas e tabagismo

O consumo em excesso de bebidas alcoólicas e o tabagismo também afetam a região intima, afinal, pode dificultar a circulação sanguínea para iniciar e manter a ereção ao longo do tempo.

Drogas ilĂ­citas

Boa parte das drogas sĂŁo causadoras de impotĂȘncia a longo prazo. Nesse caso nĂŁo Ă© sĂł devido Ă  menor circulação sanguĂ­nea no pĂȘnis, mas tambĂ©m por causa das alteraçÔes psicolĂłgicas que levam a mente a um distanciamento do mundo real.

As drogas mais frequentemente relacionadas à disfunção erétil são a cocaína, a maconha e a heroína.

Doenças de cunho psicológico

Doenças como a depressão ou os transtornos de ansiedade levam a sentimentos como medo, ansiedade, nervosismo e insatisfação. Isso deixa os homens com a mente perturbada na hora do sexo, o que atrapalha o desempenho.

HormĂŽnios

AlteraçÔes hormonais, como o hipotireoidismo ou a diabetes também podem causar disfunção, pois comprometem o metabolismo e a ação do sistema sexual do corpo.

Existem alguns casos de homens que tem dificuldades para produzir os hormÎnios sexuais, como a testosterona. Isso diminui a libido e causa problemas no momento de atingir a ereção.

Obesidade

O excesso de peso tambĂ©m pode causar impotĂȘncia. Isso se deve ao aumento do risco de desenvolver doenças cardiovasculares, que dificultam a circulação do sangue e tambĂ©m atrapalham o processo de ereção, alĂ©m de diminuir a produção da testosterona.

Nesses casos, perder peso e praticar exercĂ­cios fĂ­sicos de forma regular sĂŁo os melhores mĂ©todos para combater a impotĂȘncia.

Problemas neurolĂłgicos

Diversos problemas de carĂĄter neurolĂłgico apresentam um alto risco de levar Ă  impotĂȘncia. Isso ocorre porque esse tipo de alteração neurolĂłgica pode atrapalhar a comunicação entre o cĂ©rebro e a ĂĄrea genital.

As doenças neurológicas mais relacionadas à disfunção erétil são o Alzheimer, o mal de Parkinson, tumores no cérebro, esclerose, entre outras.

Mudanças na genitålia

A impotĂȘncia tambĂ©m pode surgir junto com alteraçÔes no pĂȘnis, como a fibrose ou os cistos, que atrapalham a passagem do sangue na regiĂŁo.

Envelhecimento

Os homens mais velhos, entre os 50 aos 80 anos tambĂ©m podem ter impotĂȘncia sexual devido Ă  idade, pois o fluxo sanguĂ­neo no pĂȘnis vai diminuindo com o passar dos anos. Ou seja, as chances sĂŁo bastante altas.

O que pode ser feito?

Com o aparecimento de sintomas como a ereção flĂĄcida, o pĂȘnis pequeno, a dificuldade para ter ou manter uma ereção, ou entĂŁo a dificuldade de ter um contato Ă­ntimo em determinadas posiçÔes, Ă© aconselhado consultar um mĂ©dico o mais rĂĄpido possĂ­vel.

Tratamento

Independentemente do que a causou, o problema de ereção possui tratamentos. O tratamento pode ocorrer de formas diferentes, que vão desde o uso de remédios como Viagra ou Cialis, até o uso de aparelhos a våcuo, terapia hormonal, ou próteses penianas.

No caso de problemas psicolĂłgicos, sĂŁo prescritos remĂ©dios pelo psiquiatra e tambĂ©m sessĂ”es de terapia com psicĂłlogos ou sexĂłlogos. Se a disfunção for causada por alguma outra doença paralela, Ă© preciso trata-la primeiramente, para entĂŁo começar o tratamento de combate Ă  impotĂȘncia.

ImpotĂȘncia sexual feminina

A impotĂȘncia sexual masculina Ă© um assunto mais abordado, no entanto, nĂŁo sĂŁo apenas os homens que podem ter problemas na hora do sexo. Na verdade, Ă© bastante alto o nĂșmero de mulheres que apresentam dificuldade de se sentirem excitadas, mesmo com estĂ­mulos.

A impotĂȘncia sexual feminina leva a uma mudança significativa na atividade sexual. Em vĂĄrios casos, elas começam a ser evitadas, devido Ă  insatisfação durante o sexo.

Quais as causas para impotĂȘncia sexual feminina?

Na verdade, não existe uma causa geral, uma vez que a disfunção sexual feminina pode aparecer em åreas específicas. No entanto, existem elementos que levam à falta de desejo, como:

Problemas de saĂșde

A impotĂȘncia pode acometer mulheres que possuem doenças como diabetes, doenças cardĂ­acas, cĂąncer, artrite, esclerose mĂșltipla, endometriose, cistite, problemas musculares pĂ©lvicos, dor pĂ©lvica crĂŽnica, entre outras.

Maus hĂĄbitos

Mulheres que consomem bebidas alcoólicas em excesso, ou que fumam também podem sofrer com isso.

Medicamentos

Alguns medicamentos indicados para o combate da pressão arterial elevada, depressão, dor, contraceptivos orais, etc., também podem  levar à diminuição da libido.

CondiçÔes médicas

Cirurgias na região pélvica ou genital podem deixar cicatrizes. Isso pode diminuir o fluxo sanguíneo ou causar algum tipo de dano em determinados nervos das genitais.

HormĂŽnios

A impotĂȘncia tambĂ©m pode surgir com o baixo nĂ­vel de estrogĂȘnio, durante a menopausa ou entĂŁo devido Ă  parada do funcionamento dos ovĂĄrios. AliĂĄs, tambĂ©m, existe outro fator hormonal, que Ă© a diminuição da produção de testosterona causada pelo envelhecimento ou devido Ă  retirada dos ovĂĄrios.

Problemas emocionais e psicolĂłgicos

Os sentimentos como stress, ansiedade, depressão, abuso sexual passado, medo de engravidar ou até mesmo problemas no relacionamento, como tédio, raiva, etc. também podem levar à diminuição do desejo sexual.

Hå certos momentos na vida de uma mulher em que existe maior probabilidade de diminuir ou até mesmo eliminar o interesse pelo sexo. Por exemplo, durante uma gravidez, após o parto, durante a amamentação, durante a menopausa ou também com o surgimento de crises no relacionamento ou o surgimento de alguma doença.

Quais os tratamentos indicados?

A primeira parte do tratamento consiste na avaliação de um médico para detectar se a disfunção é de origem física ou psicológica. Afinal, não existe um tratamento totalmente vålido e eficaz para todas as mulheres.

O tratamento fĂ­sico pode ser feito com o uso de remĂ©dios orais, como Flibanserin; Metiltestosterona, ou atĂ© mesmo aplicaçÔes de estrogĂȘnio ou testosterona diretamente na vagina. O tibolona Ă© indicado para o caso de desinteresse na menopausa. AlĂ©m disso, exercĂ­cios de Kegel sĂŁo indicados para os mĂșsculos pĂ©lvicos. Existe ainda a possibilidade do uso de lubrificantes Ă­ntimos e do uso de tĂ©cnicas especĂ­ficas para a excitação feminina.

Confira o vĂ­deo a seguir, relacionado a esse tema, para aprender ainda mais:

Para mais conteĂșdo, clique aqui.

Leave a Reply