ūü•á Clomid – O que √©? Saiba TUDO sobre esse medicamento! ūü§Ē

Ol√° meninas! Estava fazendo uma pesquisa recente na internet e li que o n√ļmero de mulheres que vem enfrentando problemas para engravidar tem aumentado. Os problemas de infertilidade podem ter v√°rias causas, o que acaba comprometendo a vontade de engravidar e tamb√©m de ser m√£e.

Essa situação pode até mesmo levar a casos de crises de ansiedade e até depressão. Entretanto, nos dias atuais existem muitas formas de tratamento.

O que é Clomid?

O Clomid é um medicamento bastante usado para tratar os casos de infertilidade, quando é causada pela dificuldade de ovular. A sua indicação é restringida a pacientes que não conseguem ovular. Além disso, é indicado apenas às mulheres cujo organismo consegue fazer a absorção do citrato de clomifeno sem problemas.

Esse medicamento auxilia no surgimento dos óvulos, permitindo então que eles sejam liberados do ovário para que possa haver a fecundação. Com o uso do Clomid, a ovulação acontece geralmente de 6 a 12 dias, depois da administração do medicamento.

Como é feito o Tratamento?

O tratamento consiste em 3 ciclos que, dependendo das orienta√ß√Ķes do m√©dico, pode ser de uso cont√≠nuo ou¬† ent√£o alternado. Somente ap√≥s o tratamento √© que deve ser feita a tentativa de engravidar. No entanto, caso a gravidez ocorra durante tratamento, o uso do Clomid deve ser imediatamente interrompido.

No primeiro ciclo, a pessoa toma 1 comprimido por 5 dias. Para as mulheres que menstruam, essa etapa deve ser iniciada a partir do 5¬ļ dia do seu ciclo menstrual. Caso a ovula√ß√£o aconte√ßa, n√£o √© necess√°rio aumentar a dosagem.

Caso n√£o ocorra a ovula√ß√£o durante o 1¬ļ ciclo, a pessoa inicia o 2¬ļ ciclo, no qual a dosagem deve ser de 100 mg pelo per√≠odo de 5 dias, ap√≥s aguardar um m√™s do fim do 1¬į ciclo. A dosagem n√£o deve ultrapassar as 100 mg di√°rias. Se, mesmo com o tratamento, a mulher n√£o apresentar ovula√ß√£o durante 3 ciclos, deve considerar um outro tipo de tratamento.

Confira o vídeo que separei para você sobre o assunto:

Aborto espont√Ęneo

O percentual de mulheres que usaram o Clomid e que sofreram um ou mais abortos espont√Ęneos √© de 21,4%.

√Č poss√≠vel engravidar de g√™meos?

Sim. √Č importante frisar que o tratamento com o Clomid ir√° aumentar as chances de engravidar de mais de um beb√™. Essa possibilidade e tamb√©m os poss√≠veis riscos que a gestante poder√° correr no seu per√≠odo de gravidez devem ser analisados e abordados entre m√©dico e paciente, antes que seja feito o tratamento com esse medicamento.

Essa tendência a engravidar de gêmeos se deve ao estímulo no corpo, que acaba liberando mais de um óvulo durante o período fértil. No entanto,  não há garantias reais disso ocorrer.

Vou engordar ao tomar Clomid?

Infelizmente não existe uma resposta definitiva para essa pergunta. Afinal, você deve levar em conta o fato de que cada organismo reage de uma forma diferente quando está sob efeito desse medicamento. Entretanto, existem algumas pessoas que relataram ter ganhado peso ao utilizar. Fato é que ele age no corpo de forma a provocar um aumento na retenção de líquidos, o que resulta na sensação de inchaço.

Além disso, existem relatos de pessoas que fizem que o tratamento com o Clomid aumenta o apetite, provoca alteração hormonal e também ansiedade.

E se eu esquecer de tomar?

Se por caso, você esquecer ou passar da hora de tomar a medicação, nunca tome dois comprimidos juntos, como se fosse uma forma de compensação.

Ao esquecer de uma dose, voc√™ pode atrapalhar o tratamento e tamb√©m o ciclo ovulat√≥rio. Por isso, caso isso aconte√ßa, procure orienta√ß√Ķes do seu m√©dico.

Cuidados especiais a serem tomados

√Č preciso ser muito cuidadosa, pois existem certos casos em que este tratamento √© bastante recomendado: caso haja suspeita de pouca sensibilidade √† gonadotrofina pituit√°ria, como √© o caso de pacientes que apresentam s√≠ndrome do ov√°rio polic√≠stico.

Se voc√™ utilizar Clomid por um tempo al√©m do recomendado, pode haver altera√ß√Ķes na s√≠ntese do colesterol, devido ao aumento do √≠ndice sangu√≠neo.

O uso desse medicamento durante gravidez e lactação é totalmente prejudicial. Por isso, para que você possa evitar o uso do Clomid logo no início da gravidez, é bem importante fazer testes ao longo dos ciclos do tratamento, para saber se ocorreu a ovulação. Os testes ajudam ainda a medir a temperatura basal do corpo, observando a paciente cuidadosamente, assim, é possível saber se há algum sinal de ovulação. Um teste de gravidez também precisa ser feito antes de passar para o próximo ciclo de tratamento.

Avisos importantes!

H√° alguns registros de que durante o tratamento com Clomid, algumas pacientes apresentaram a S√≠ndrome de Hiperestimula√ß√£o Ovariana. Com sintomas como o ac√ļmulo de l√≠quidos ao redor do cora√ß√£o, edemas, hidrot√≥rax, dor abdominal aguda, insufici√™ncia renal, ac√ļmulo de l√≠quidos no pulm√£o, sangramento nos ov√°rios, trombose, tor√ß√£o do ov√°rio, entre outros.

Para maior precaução é bastante indicado a ingestão de uma dose menor.

√Č imprescind√≠vel se consultar sempre com o seu m√©dico caso haja qualquer sintoma diferente, como dor abdominal ou p√©lvica, aumento de peso, desconforto acompanhado ou n√£o de aumento do abd√īmen.

Se você sentir que houve alguma mudança no organismo com o uso de Clomid, é muito importante que seja feita uma análise para verificar se surgiram cistos ovarianos através de um exame ginecológico. No entanto, caso isso tenha ocorrido, o tratamento deve ser suspenso até que haja uma regressão total.

Contraindica√ß√Ķes

Clomid é contraindicado:

  • A mulheres que j√° estejam gr√°vidas ou amamentando;
  • A mulheres com doen√ßas no f√≠gado;
  • Problemas de cistos ovarianos;
  • Mulheres com metrorragia;
  • Mulheres que s√£o al√©rgicas ao citrato de clomifeno ou outro componente;
  • Pacientes com doen√ßa no f√≠gado ou hist√≥rico de disfun√ß√£o;
  • Mulheres com tumores horm√īnio-dependentes;
  • Pacientes com sangramento uterino;
  • Mulheres com cisto no ov√°rio, exceto no caso de ov√°rio polic√≠stico;
  • N√£o deve ser usado se for dirigir ve√≠culos ou operar m√°quinas pesadas.

Efeitos colaterais

Todo medicamento apresenta as suas contraindica√ß√Ķes e efeitos colaterais, podendo ser mais fortes em algumas pessoas do que¬† em outras. Tudo vai depender do organismo de cada um. A posologia e dosagem devem sempre ser prescritas por um m√©dico.

Os principais efeitos colaterais s√£o:

  • Aumento nos batimentos card√≠acos.
  • Incha√ßo no corpo;
  • Desconforto no abd√īmen;
  • Calor repentino;
  • Dores de cabe√ßa;
  • Falta de lubrifica√ß√£o;
  • Vis√£o emba√ßada;
  • Rea√ß√Ķes al√©rgicas de asma br√īnquica;
  • Aumento do tamanho dos ov√°rios;
  • Dor ao urinar;
  • Catarata;
  • Convuls√£o;
  • Ansiedade, depress√£o;
  • Mudan√ßas de humor;
  • Nervosismo, ins√īnia;
  • Dermatites, urtic√°ria;
  • Redu√ß√£o na espessura endometrial;
  • N√°useas.

Primeiramente, é muito importante frisar que você não deve nunca se automedicar. Somente um médico pode receitar o Clomid, caso haja real necessidade. Além disso, os efeitos colaterais devem ser considerados antes de você tomar a decisão de iniciar o tratamento.

Confira o vídeo a seguir, relacionado a esse tema, para aprender ainda mais:

Para mais conte√ļdo, clique aqui.

Leave a Reply