🥇 Alimentos que aumentam a pressão arterial 🤔

Olá meninas! O assunto hoje é pressão arterial.

Se você, minha amiga, deseja levar uma vida mais saudável, deve aprender a cuidar da saúde com bons hábitos alimentares somados a uma rotina de exercícios físicos. É muito importante evitar os alimentos que prejudiquem o nosso corpo, como aqueles carregados de sódio.

O nosso corpo possui um sistema circulatório fechado. Quando ocorre o aumento da pressão, os vasos sanguíneos se dilatam e o sangue fica preso. Isso geralmente ocorre quando o organismo retém muito sal e água. Isso gera uma dificuldade na auto-regulação e as artérias começam então a ficar mais comprimidas do que o normal. Essa incapacidade de auto-regular a pressão arterial é o que faz com que a hipertensão surja.

As pessoas que não têm o hábito de cuidar da pressão podem desenvolver doenças cardíacas, renais, aneurisma, derrames cerebrais, alterações na visão ou  até mesmo um AVC.

Se o seu sangue não circula da forma correta, as artérias e veias acabam perdendo a sua flexibilidade. Por isso é tão necessário manter as medicações sob controle e ter uma alimentação balanceada.

Quais os sintomas da pressão alta?

De modo geral, a hipertensão é uma doença silenciosa. Algumas pessoas apresentam sintomas, enquanto outras não os apresentam de maneira alguma. De qualquer forma, separei uma lista com os principais sintomas:

  • Enjoos;
  • Tonturas;
  • Dores na nuca;
  • Dificuldade para respirar;
  • Visão embaçada;
  • Memória fraca;
  • Desorientação;
  • Dificuldade de raciocinar;
  • Dores no peito.

Índice de pressão arterial em adultos

Pressão arterial normal: pressão sistólica deve ser menor que 120 mmHg e a pressão diastólica menor que 80 mmHg.

Pré-hipertensão: pressão sistólica entre 120 e 129 mmHg ou então a pressão diastólica menor que 80 mmHg.

Hipertensão estágio 1: pressão sistólica entre 130 e 139 mmHg ou pressão diastólica entre 80 e 89 mmHg.

Hipertensão estágio 2: pressão sistólica acima de 140 mmHg ou pressão diastólica acima de 90 mmHg.

Crise hipertensiva: pressão sistólica acima de 180 mmHg ou pressão diastólica acima de 110 mmHg.

Confira o vídeo que separei para você sobre o assunto:

Confira agora uma lista com os alimentos que devem ser evitados pelos hipertensos:

Sal

O sal está presente em boa parte das nossas refeições diárias e em diversos alimentos. Especialmente os industrializados, como os congelados e enlatados, que possuem uma grande quantidade de sódio em sua composição.

O sódio juntamente com a água provocam um aumento na quantidade de sangue que circula através do nosso organismo. Vale lembrar que isso ocorre com pessoas que já possuem uma predisposição para o aumento da pressão arterial.

Não é indicado o consumo de mais de cinco gramas de sal por dia.

Açúcar refinado

Esse é um dos maiores vilões para o aumento da pressão arterial. O açúcar ajuda a acumular e criar gordura em nosso corpo. A metabolização do açúcar aumenta a possibilidade da pessoa desenvolver obesidade.

Álcool

O álcool é um grande estimulante para o aumento da pressão arterial. Se o consumo for excessivo, pode aumentar ou provocar a hipertensão. Ainda que você beba esporadicamente, mas em grandes quantidades, pode desenvolver hipertensão arterial.

Molhos prontos

Qualquer molho industrializado é prejudicial à saúde, pois eles possuem grandes quantidades de sódio em sua composição. Isso compromete a capacidade dos rins em eliminar o excesso de água e causa a retenção de líquidos na pressão sanguínea.

Café, chás e refrigerantes

A cafeína aumenta muito a pressão sanguínea, pois pode liberar cortisol e adrenalina em excesso . Isso faz com que a pressão aumente. Vale lembrar que um erro bastante comum é acreditar que apenas o café possui grandes quantidades de cafeína. Refrigerantes e até mesmo chás, sejam eles naturais ou não, levam a cafeína em sua composição. Portanto, é preciso ter cuidado com o consumo destas bebidas.

Frituras

Essa é uma péssima opção para quem tem ou quer prevenir a hipertensão. A gordura em excesso também provoca o aumento da pressão.

Pizzas congeladas

Grande parte dos alimentos que são vendidos congelados acabam sendo prejudiciais à saúde. No entanto, a pizza é a pior de todas, visto que possui uma grande quantidade de sódio. A junção de queijo, carnes curadas, molho de tomate e pão, tornam exorbitante a quantidade de sódio ingerida.

Batatas fritas

Esse é um alimento amplamente consumido no Brasil e no mundo. A batata frita pode ser preparada de diversas formas, no entanto, como geralmente são encharcadas de óleo cheio de gorduras trans, podem levar à obesidade e hipertensão. Além disso, outro fator de risco é que elas sempre são servidas com grande quantidade de sal.

Chocolate

O chocolate com alta concentração de cacau (70%, por exemplo), se for consumido de forma moderada é ótimo para manter a pressão mais baixa. No entanto, o consumo excessivo de chocolate pode causar o aumento da pressão arterial devido à teobromina, que tem alto teor de gordura.

Por isso é importante escolher um chocolate que possua alta concentração de cacau, pois é o mais puro e com menor índice de gorduras prejudiciais.

Bebidas industrializadas

As bebidas industriais geralmente possuem grandes quantidades de açúcar. Isso, além de poder levar à obesidade ou excesso de peso, também pode aumentar a pressão arterial.

Carnes em geral

As carnes são, normalmente, bastante gordurosas e preparadas com muito sal. O quadro só piora quando consumimos carne em excesso, pois estamos aumentando os níveis de colesterol.

Comida chinesa

Na culinária chinesa, a maior parte dos alimentos utilizados na comida são arroz, trigo, soja e crustáceos. Além disso, pode conter vegetais como o brócolis, abobrinha, repolho chinês entre outros.

No entanto, essa culinária possui uma quantidade razoável de sódio, sendo a maior parte presente no tradicional molho de soja. O sal presente nesse molho proporciona um grande aumento de sódio no sangue, em curto período de tempo.

Biscoitos

Biscoitos e bolachas possuem uma grande quantidade de sódio, visto que ele atua como conservante do produto.

Sopas industriais

As sopas em pó têm uma enorme concentração de sódio. O ideal é sempre comprar os ingredientes e fazer a sopa você mesma. Assim você gatante uma alimentação saudável e evita o excesso de sódio.

Adoçantes

Boa parte das pessoas utilizam os adoçantes pensando que esta opção é totalmente saudável, mas a verdade é bem diferente. Eles são uma grande fonte de sódio, visto que são os mesmos que as indústrias acrescentam em outros produtos.

Macarrão Instantâneo

O famoso miojo é um verdadeiro risco à saúde. Os temperos que vem junto com o macarrão possuem 89% mais sódio do que uma pessoa adulta necessita. É uma verdadeira bomba de sódio. Portanto, quando bater aquela preguicinha de preparar algo, repense a opção do miojo se você quer se manter saudável.

Alimentos em conserva

Para que os alimentos possam ficar conservados, é necessário que seja utilizada uma grande quantidade de sal. Dessa forma, o sal impede a decomposição rápida desses alimentos. Portanto, procure consumir esses alimentos em conserva com bastante cautela.

Alguns outros cuidados

Além desses alimentos citados, existem outros que também contribuem para o aumento da pressão arterial, quando consumidos em excesso. Todo excesso é prejudicial e não irá te ajudar na manutenção adequada da sua pressão arterial. Sendo assim, evite todo e qualquer excesso na alimentação.

O ideal é incorporar à sua dieta os alimentos naturais, grelhados, refogados, cozidos. Além de produtos desnatados, frutas, verduras, legumes e reduzir o uso do sal.

Vale lembrar também a importância de consumir menos açúcar, temperos prontos, alimentos industrializados, bebidas alcoólicas e, se possível, deixe de fumar, ou reduza o consumo.

Confira o vídeo a seguir, relacionado a esse tema, para aprender ainda mais:

Leave a Reply